Citar

“Gente, 

Peço que curtam a página do facebook no seu lado direito, para seguirem toda a trajetória do casal. 

Obrigada!”

 

Vanessa provoca Marina e sugere que ela deseja um triângulo amoroso

A relação entre Marina (Tainá Müller) e Vanessa (Maria Eduarda de Carvalho) está cada dia mais tensa. A assistente faz questão de deixar bem claro seu descontentamento por ver a fotógrafa apaixonada por Clara (Giovanna Antonelli) e afirma que ainda ama a ex.

image

A discussão das duas fica mais acalorada, e Vanessa joga na cara de Marina que ela sente mesmo é atração pelo difícil. E ainda provoca a fotógrafa dizendo que sua vontade real era viver um triângulo amoroso. “Ela apareceu aqui deslumbrante, como você diz, e de braço dado com o marido. Você pensou: vou pegar essa mulher para mim. Tirar desse marido bonito. Tenho certeza que deve ter sonhado em formar um triângulo: você, Clara e Cadu (Reynaldo Gianecchini). Não sonhou com isso?”, questiona.

Mãe da esposa de Cadu flagra conversa carinhosa dela com a fotógrafa

Mãe da esposa de Cadu flagra conversa carinhosa dela com a fotógrafa

image

Depois da cirurgia de Cadu (Reynaldo Gianecchini), Clara (Giovanna Antonelli) e Marina (Tainá Müller) quase não se encontram mais, principalmente para não deixar o bonitão irritado com a intimidade entre as amigas. Sem tirar a fotógrafa da cabeça, porém, a mãe de Ivan (Vitor Figueiredo) disfarça, vai até a casa de Helena (Julia Lemmertz) para achar um canto sossegado e liga para a amiga, cheia de saudade.
Logo no início da conversa, Marina diz estar triste com a distância. “Não me abandone, não se esqueça de mim”, pede. Na despedida, a mulher de Cadu garante que vai tentar encontrá-la no dia seguinte. Quando desliga, ela fecha os olhos, suspira e se dá conta da presença de Chica (Natália do Vale).

Direta, a mãe pergunta se ela e Marina têm uma relação. Assustada, Clara logo nega, mas, no meio da conversa, acaba abrindo o jogo sobre seus sentimentos. Ela assume estar dividida, querendo o marido e a amiga ao mesmo tempo.
saiba mais